quinta-feira, 13 de julho de 2017

Sem muxiba, por favor!

O blogueiro se declara à disposição para assinar quaisquer petições contra a condenação de Lula no caso do Guarujá, que considera baseada em suspeitas, indícios e delações relevantes, mas carente de provas cabais - desde que as exigências sejam claras e o preâmbulo não pretenda impingir contrabandos do gênero “Lula 2018 é a solução”, “Vivemos num Estado de exceção”, “Moro condenou os programas sociais do PT”, “A Lava-Jato é a justiça dos coxinhas” ou, de maneira mais geral, alguma “análise de conjuntura” produzida nos gabinetes da cúpula petista. 

Todos esses juízos são direito inalienável de quaisquer cidadãos, inclusive os organizadores de movimentos em defesa de Lula, mas não se pode, com base neles, construir uma campanha unitária, isto é, que respeite os distintos pontos de vista sobre o que está em jogo.


2017-07-13