sábado, 7 de novembro de 2015

Pezão no freio

Deu n'O Globo online
por Marco Grillo e Luiz Gustavo Schmitt 06-11-2015 

(..) queda de arrecadação em outubro acendeu a luz de alerta no governo estadual
www.canalkids.com.br/cidadania/transito/sinal.htm
A previsão de receita para o estado este ano era de R$ 82 bilhões. Mas, até o mês passado, estava em R$ 49,7 bilhões — o equivalente a 60% do esperado. O resultado é consequência da redução nas principais fontes de receita. No ICMS, por exemplo, o recuo foi de 9% (descontada a inflação) nos dez primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2014. Já em relação aos royalties, a estimativa é que até dezembro a perda seja de 37%: segundo a secretaria estadual de Fazenda, o governo prevê contabilizar R$ 5,4 bilhões, contra um total de R$ 8,7 bilhões em 2014.


O semáforo do governador Pezão só pode estar com defeito. O amarelo do mundo inteiro está aceso desde o estouro da bolha mundial, em 2008, e o vermelho do Brasil não pára de piscar desde que o preço do petróleo entrou em queda livre e a locomotiva chinesa começou a ratear. 

E quem não se lembra do "alerta geral" de junho de 2013, quando o governador Cabral precisou se esconder da multidão enfurecida, dentre outras coisas, com a mal-explicada gastança para a Copa da FIFA, cujos advogados haviam jurado de pés juntos que seria toda custeada com recursos privados! 

A irresponsabilidade dos caixeiros-governantes, neste caso, só não é maior que a dos banqueiros, empreiteiros, hoteleiros, concessionários, incorporadores e grandes patrocinadores em geral, promotores, propagandistas e principais beneficiários das patuscadas que estamos todos sendo intimados a pagar!

2015-11-07


Nenhum comentário:

Postar um comentário