sábado, 2 de abril de 2016

Anões da resistência

Deu n’O Globo online
Por Maria Lima, 30-03-2016

Lindbergh espera 200 votos contra impeachment após negociação com partidos
Senador petista afirma que reforma ministerial vai acomodar legendas pequenas

www.avebarna.blogspot.com.br
BRASÍLIA — Animado com as negociações comandadas pelo ex-presidente Lula com pequenos partidos, com o PP e com o PR, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) anunciou no microfone do plenário: "Não haverá impeachment". O petista, que afirmou ter estado desanimado nos últimos dias, disse que passou a ficar confiante, após o rompimento do PMDB, de que o governo tem condições de formar uma maioria de 200 votos para barra o processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff. Lindbergh disse também que o ministro da chefia de Gabinete, Jaques Wagner, vai anunciar nos próximos dias uma reforma ministerial para acomodar os pequenos partidos. 
— Diziam que após o rompimento do PMDB haveria uma debandada, e o que estamos vendo hoje é um movimento inverso, vários partidos voltando para a base. O PMDB facilitou o jogo para o governo, que terá agora condições de construir uma maioria de 200 votos. Não haverá impeachment! — disse Lindbergh. 

www.avebarna.blogspot.com.br


2016-04-02


Nenhum comentário:

Postar um comentário