segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O capital no século XXI: competição global, Estado nacional, desbarato geral I

Deu no Informe ADEMI
18-11-2026,  por Ana Paula Ribeiro e João Sorima Neto (O Globo)

Mudança nos EUA afeta 'commodities' e exportações brasileiras
A eleição do magnata Donald Trump à presidência dos Estados Unidos levou mais incerteza a uma área estratégica para a retomada do crescimento da economia brasileira: as exportações. O discurso protecionista do republicano durante a campanha, se implementado, poderá afetar segmentos estratégicos para a balança comercial brasileira, como os de commodities agrícolas e metálicas. 
Ao mesmo tempo, Trump defendeu medidas que poderiam acabar beneficiando o Brasil: os investimentos em infraestrutura, que puxariam a demanda global por minério de ferro, e o estímulo à indústria petrolífera, em detrimento das fontes renováveis de energia. Uma possível alta na cotação do petróleo daria novo fôlego à Petrobras, um dos motores de investimento no Brasil. 
(Continua)

2016-11-28

Nenhum comentário:

Postar um comentário