quinta-feira, 23 de abril de 2015

Tarde demais para lembrar

Deu na Carta Capital
Redação, 18/04/2015

PT responde à crise vetando doações de empresas a seus diretórios 

(..) De acordo com o presidente da legenda, Rui Falcão, apenas os candidatos do PT estarão autorizados a receber doações empresariais nas próximas eleições. Para diminuir a dependência do empresariado, os diretórios passarão a estimular a contribuição de pessoas físicas. Simpatizantes e filiados receberão e-mails e mensagens no celular com pedidos de doações que variam de 15 reais a mil reais. 
A orientação está em um documento divulgado pelo Diretório Nacional, que passa a valer imediatamente, mas que será votado em junho no congresso nacional do partido. Falcão admite que o desenrolar da Operação Lava Jato, que investiga esquemas de corrupção na Petrobras, já reduziu o volume de doações por parte do empresariado, mas nega que haja “mácula” nas contribuições recebidas pela sigla até agora. (Continua)

Leia a matéria completa clicando em 


2015-04-21


Nenhum comentário:

Postar um comentário